Index
Home
Nossa Empresa
Nosso Produto
Novidades
Promoções
Fale Conosco
 
Busca - PKF
 
 
...Controle de Armas
 

Chicago: controle ineficaz

Redação

A rede CNS News divulgou, no dia 05 de janeiro de 2004, mais um fato que confirma a ineficácia de leis rígidas de controle de armas. Segundo a reportagem, partidários da Segunda Emenda Constitucional, membros da Second Amendment Foundation (SAF) – entidade que se dedica à defesa do direito de posse de armas e à disseminação das conseqüências desastrosas de políticas desarmamentistas –, alegam que, ao adotar restrições, Chicago tornou-se a cidade com número recorde de homicídios no território americano.

“Chicago terminou o ano com mais mortes que New York e Los Angeles”, diz o fundador da SAF, Alan Gottlieb. “Durante os últimos doze meses, 599 pessoas foram assassinadas em Chicago, três mais do que em New York, onde 596 pessoas foram mortas, e cerca de 100 ocorrências a mais do que em Los Angeles”. Gottleb chamou de “extraordinária” a coincidência das três cidades, que são algumas das que possuem as mais severas leis de controle sobre armas de fogo no país e, apresentarem também índices elevados de homicídios.

Em um release distribuído a imprensa, Gottlieb observa que o prefeito de Chicago, Richard Daley, utilizou a “filosofia antiarmas” como um dos principais pilares de sua administração, deixando de se preocupar em atacar o problema da criminalidade efetivamente. Dayley já admitiu publicamente que essa sua estratégia na área de segurança pública foi um completo equívoco.

O fundador da SAF compara Chicago com outras localidades: “dois anos atrás”, afirma ele, “em Michigan (onde as taxas de homicídios são bem mais baixas), a legislação sobre porte discreto foi implantada. Hoje, milhares de cidadãos estão legalmente armados. Será que não há nenhuma correlação?”.

A polícia de Chicago divulgou recentemente os números de homicídios na cidade: em 2003, foram 599; em 2002, 648; e, em 2001, foram 665. É a primeira vez, desde 1967, que o total de ocorrências gira em torno de 600 casos. O superintendente do departamento de policial da localidade, Philip Cline, deve a situação atual à disseminação de gangues, proliferação de armas ilícitas e ao tráfico de drogas.


Fonte: CNSNews – The Nation – “Gun Control Hasn’t Helped Chicago, Group Says” – By Susan Jones – CNSNews.com Morning Editor – January 05, 2004.
www.cnsnews.com

Site da Second Amendment Foundation (SAF) – www.saf.org

 

Liminar garante venda de armas
Estamos desarmados
Chicago:Controle ineficaz
Armas de uso permitido e uso restrito
Redação final - Estatuto do desarmamento

Copyright 2003 PKF - Armas e Monições- Todos os direitos reservados